quinta-feira, 16 de Agosto de 2018  07:46
PESQUISAR 
LÍNGUA  

Portal D'Aveiro

PassivHaus Prescrição eletrónica (PEM), Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT), Gestão de Clínicas Publicidade

Inovanet


RECEITA SUGESTÃO

Canja de Galinha

Canja de Galinha

Numa panela coloque a água com o sal e a galinha deixando aquecer lentamente e tirando a espuma que se for ...
» ver mais receitas


NOTÍCIAS

imprimir resumo
13-06-2018

BE questiona anúncio de estágios da UA com remuneração de 120 euros.



O Bloco de Esquerda questiona a Universidade de Aveiro sobre ofertas que promovem a “precariedade e a exploração laboral” a propósito de avisos com remuneração de 120 euros/mês para estágios e exige a retirada de anúncios.

Diz ter tido conhecimento que o Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais da Universidade de Aveiro está a divulgar junto dos seus alunos e antigos alunos um anúncio para dois estágios na área de Design Gráfico e Comunicação onde se oferece uma remuneração mensal de 120€.

“Este é inconcebível. Mais inconcebível ainda é o facto de um gabinete de uma Universidade pública estar a divulgar tais anúncios. A remuneração de 120€ por um estágio é um insulto a qualquer bacharel ou recém licenciado. É a promoção da precariedade e exploração mais abjeta”.

O Bloco de Esquerda exige ainda que a Universidade de Aveiro defina critérios exigentes para a admissão e divulgação de ofertas de estágio e de emprego.

“Esses critérios devem ter como base a proteção dos direitos laborais dos estudantes e ex-estudantes. Por isso não ser divulgadas propostas que se proponham pagar estágios abaixo dos valores praticados pelos programas do IEFP e propostas que se proponham pagar abaixo das remunerações que são devidas para as qualificações exigidas”.

O Partido anuncia que já pediu explicações ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.


ACESSO

» Webmail
» Definir como página inicial

Publicidade

TEMPO EM AVEIRO


Inovanet
INOVAgest ®